Posted 18 hours ago 0 Comentários

Linkedin compra Bizo e, mais uma vez, setor de mídia programática mostra aquecimento

linkedin compra bizoO Linkedin deu mais um passo em sua estratégia de marketing B2B alguns meses após anunciar um acordo com a Salesforce.com para compartilhamento e integração de dados. Nesta semana, a empresa divulgou a compra da Bizo, avaliada em US$ 175 milhões.

A Bizo oferece tecnologias e produtos capazes de mensurar display e anúncios em mídias sociais especificamente focadas em segmentos de audiência. Com sede em São Francisco, foi fundada em 2008 por um grupo de investidores, um dos quais, Russell Glass, permanece como CEO.
Leia na íntegra →

Posted 3 days ago 0 Comentários

Além do display: promessas de mídia programática para mídia social e vídeo

primeiros sinais das promessas de programmatic em social e vídeoA compra de mídia programática de display está se tornando um requisito importante de muitas campanhas, dados de pesquisas como IDC e eMarketer só evidenciam o potencial da tecnologia. E como toda tendência, é interessante ver como embora ainda esteja em estágio de consolidação, já vão surgindo campos de evolução além de sua raiz principal. No caso de mídia programática, é possível delinear essas áreas: social, mobile, vídeo e integrações com anúncios de TV e rádio.

Leia na íntegra →

18 July 2014 0 Comentários

Por que PMEs podem (e devem) investir em mídia programática?

RebeccaMuir QuantcastA líder de marketing de produto e gerente de marketing da Quantcast, Rebecca Muir, compartilha seu pensamento sobre como mídia programática em tempo real para display pode ajudar as PMEs

Um relatório recente da Advertising Association e da Deloitte revelou que os retornos da publicidade digital para pequenas e médias empresas (PMEs) são oito vezes maiores do que aqueles de grandes companhias. E é difícil entender por que.

Um negócio inexperiente não pode confiar somente no tráfego de buscas orgânicas. As páginas de resultado competem com grandes marcas em todos os setores, e mesmo que você consiga levar a sua para o topo do ranking com um termo genérico de alto volume, os consumidores estão muito mais propensos a clicarem em um link de uma marca que eles reconhecem do que uma desconhecida.

Leia na íntegra →

15 July 2014 0 Comentários

De onde vêm os dados na publicidade digital?

dados first party second party third party dataA publicidade dirigida por dados tem nas informações do usuário, ou seja, da audiência, seu ponto central – chave do argumento de aumento de eficiência e otimização dos custos para todos os elos do mercado digital. Por isso, é importante entender de onde vem esses dados que dão nome ao data driven advertising.

Existem ao menos dois tipos de dados – o first-party data e o third-party data. E um outro tipo, ainda que controverso: second-party data.

First-party data, ou dados proprietários

O primeiro tipo são os mais fáceis de se entender, por serem os chamados “dados proprietários”. Seja de um veículo ou e-commerce, até mesmo anunciante. São os dados coletados dos comportamentos dos usuários, ações ou interesses do público como exibidos no website. Vão desde páginas visitadas, conteúdos visualizados, buscas na página, atividades sociais, cliques ou dados de logins desse usuário na sua página – e aí pode até incluir multi plataforma, se houver dados de mobile ou aplicações, por exemplo.

Leia na íntegra →

11 July 2014 0 Comentários

Terra centraliza operação de mídia programática em Miami

O portal Terra anunciou três contratações para as operações de seu escritório em Miami, nos Estados Unidos, que concentram os esforços em mídia programática. E uma delas é brasileira.

Comanda as vendas Emilia Peña, nomeada diretora comercial, enquanto Luciano Islas assume como senior programmatic sales manager – mudando-se para os Estados Unidos após coordenar a operação remotamente da Cidade do México.

Leia na íntegra →

9 July 2014 0 Comentários

Orçamento para mídia programática deve dobrar nos próximos anos

Orçamento para mídia programáticaA maior parte dos anunciantes destinam, em média, 20% do orçamento de anúncios para mídia programática, e esse valor deve dobrar nos próximos anos. O dado foi levantado pela pesquisa The State of Programmatic, realizada pela AdExchanger com 400 profissionais, agências, publishers e empresas de tecnologia.

Além disso, um quarto dos anunciantes planejam gastar ao menos 80% do budget em programmatic no futuro. “Há apenas dois anos ainda havia um debate quente sobre a extensão de mídia programática ao infiltrar e influenciar a compra e venda de mídia além das ad exchanges baseadas em leilão. Hoje, vemos anunciantes líderes investimento em gestão de mídia programática, e agências dobrando seus esforços e publishers construindo iniciativas in-house de venda para entregar pacotes que seus anunciantes demandam, cada vez mais”, escreve a diretora de pesquisa da AdExchanger, Joanna O’Connell.

Leia na íntegra →

4 July 2014 0 Comentários

"Com mídia programática saímos muito na frente da concorrência", diz head de marketing da Dafiti

gabriel porto barbosa, dafitiUma das empresas que mais aposta em mídia programática no Brasil é a Dafiti. A companhia de ecommerce tem à frente de sua equipe de marketing digital Gabriel Porto Barbosa desde 2011, após fazer sua carreira em empresas como Catho Online, IG e Mercado Livre.

Em uma breve entrevista ao ExchangeWire Brasil, o executivo fala como ele solidifica as estratégias de marketing com tecnologia. No último dia das mães, por exemplo, Porto viu a Dafiti aumentar 50% as vendas nas duas semanas que antecedem a data, bem acima dos 15% de alta esperada pelo setor varejista. O sucesso foi em parte atribuído à tecnologia – a empresa é cliente da Sociomantic -, além de um trabalho de posicionamento de marca e portfólio.

Leia na íntegra →

1 July 2014 0 Comentários

Accuen abre operação na América Latina

Accuen-logoA Accuen, trading desk to Omnicom Media Group, anunciou a abertura de operação em 20 mercados latino-americanos. Agora, ao todo, o braço de compra de mídia programática do grupo soma presença em 60 países.

Liderará a área Vanessa Gonzales, Managing Director of OMG Digital. A executiva, que está no grupo desde 2005, fica no escritório de Miami, comandando toda a operação – e os escritórios inicialmente nos Estados Unidos, Argentina e Colômbia. O Brasil, por enquanto, não está na lista de escritórios da empresa.

Leia na íntegra →

27 June 2014 0 Comentários

Desmitificando o RTB

definição de RTBVamos publicar uma série de artigos com a definição de diversos termos ligados ao universo de mídia programática – a começar pelo RTB, uma das principais modalidades de compra de mídia, usada hoje muitas vezes para inventário remanescente.

Definir RTB como sistema de leilão em tempo real é simples, usando a tradução da sigla. Mais importante é definir o termo de modo a criar melhor entendimento em torno das tecnologias envolvidas nesse tipo de compra de mídia de anúncio. E então a explicação para RTB passa a ser a tecnologia para que possibilita veículos de mídia de criarem ofertas publicitárias de maneira automática.

Leia na íntegra →

25 June 2014 0 Comentários

MediaMath em Cannes: "Os dados agora são parte do processo criativo"

confiança media math em cannesO ExchangeWire conversou com Dave Reed, diretor para região EMEA da MediaMath, empresa recém-chegada ao Brasil, durante o Cannes Lions. E ele falou sobre o papel das empresas de tecnologia para publicidade em todo o mercado, bem como a reputação da tecnologia entre os publicitários.

Qual é o papel exato de tecnologia de anúncios em um festival “criativo” como Cannes Lions?

O que estamos testemunhando é um fenômeno global de fusão indústrias e ideias. Você tem muitas agências criativas em festivais como CES [feira de tecnologia que ocorre em Janeiro, em Las Vegas], e pessoas como nós vindo ao Cannes Lions, e eu acho que estamos vendo um retorno do passado como nos anos 50, quando planejamento e execução estavam lado a lado com o copywriter.

Leia na íntegra →