Especialistas apontam tendências em publicidade mobile para 2019

publicidade-mobile

Em 2018, as marcas passaram a entender as particularidades e diferenças entre interação mobile e desktop, o que deve evoluir ainda mais no próximo ano. Como parte da série de tendências do mercado de publicidade digital para 2019, o ExchangeWire Brasil traz a seguir a visão de importantes nomes da indústria mobile sobre como as oportunidades se desenvolverão nos próximos meses.  

Indústria avançará na criação de um identificador de usuário

“Teremos um contínuo crescimento do formato de vídeo e da compra programática devido a novas metodologias de atribuição e ao aperfeiçoamento de sistemas antifraude. Tecnologias e métricas seguem avançando e contribuem o crescimento da mídia mobile programática. Na América Latina, o formato de vídeo é o que mais crescerá. Veremos novas soluções baseadas em inteligência artificial com foco na compra programática e no uso dos dados. Agências e anunciantes estão começando a implementar algoritmos para melhorar processos e isso ajudará a otimizar as campanhas, reduzindo custos e melhorando resultados.

Com envolvimento de associações como IAB e ad techs nos EUA, intensifica-se o desenvolvimento de uma tecnologia para identificação correta dos usuários nas diferentes telas, com base no conceito de ID único. E 2019 será crucial para a indústria do ponto de vista da criação de um identificador de usuário. O uso de dados passará por um processo de maturação. Na América Latina, vários países criarão políticas sobre o uso de dados e reformularão suas leis, como foi o caso do Brasil e, agora, da Argentina. Essa tendência seguirá para Estados Unidos, México e Colômbia. Como consequência, quem desfruta dos dados, contará com informação melhor e mais precisa.

Finalmente, assistentes de voz, como Alexa e Siri, vão gerar uma atração entre as DSPs e a intenção de compra dos usuários. Haverá uma movimentação maior das marcas, pois serão criadas novas formas de publicidade, um tema que estará em alta. O próximo ano também será decisivo para o segmento de plataformas de OTT e já percebemos empresas de conteúdo fazendo lançamentos com altos investimentos em plataformas de OTT, como Disney, FOX e Discovery, em sua maioria, em plataformas mobile.”

Alberto Pardo, CEO e fundador da Adsmovil

Priorização da privacidade está no foco

“Em 2019 ainda teremos novas segmentações e formatos na publicidade mobile. Mas eu acho que a inovação mais importante que teremos na publicidade digital no ano que vem, não só mobile, é a priorização da privacidade. Começaremos a contar com plataformas que trabalham de forma mais transparente com os usuários, coletando apenas os dados que são estritamente necessários para prestar o serviço, e não qualquer informação disponível pelo simples interesse de coletar aquele dado”.

André Ferraz, CEO e cofundador da In Loco

Barreira entre aquisição de usuários e retenção será rompida

Marcus Imaizumi Applift

“Além de um crescimento na utilização de tecnologias baseadas em IA e Blockchain em diversos serviços mobile, acredito que na área de publicidade, os anunciantes estarão cada vez mais à procura de soluções (de aquisição e retenção de usuários) que possuem uma visão holística de todo o funil de conversão de um usuário mobile. O grande desafio é conectar os usuários com as marcas utilizando as mensagens corretas de acordo com os diferentes status em que eles se encontram, seja ainda um visitante conhecendo a marca, seja um cliente recorrente. É exatamente isso que a nova solução Mobile Journey Advertising e posicionamento da Applift se propõe a oferecer: remover a barreira entre aquisição de usuários e retenção.”

Marcus Imaizumi, head de operações da Applift para Brasil e Latam

Métricas, KPIs e atribuição passam por evolução

Em 2018, houve avanço por parte do mercado de mobile advertising em tentar utilizar as ferramentas e capacidades dos smartphones para compor novas métricas e KPIs para campanhas. Também houve a consolidação de outros canais de mídia mobile, que antes eram apenas ferramentas de apoio, como Push Notification e WiFi Media. Esses canais se tornaram parte importante da comunicação de grandes marcas com os usuários mobile. No que diz respeito às métricas e KPIs, o mercado deve evoluir bastante em 2019, com um entendimento mais profundo das ferramentas e possibilidades, que trazem maior transparência aos anunciantes. Conceitos como custo por visita, por exemplo, devem caminhar para uma análise mais detalhada. Hoje em dia, esse KPI é muito superficial sem que o anunciante saiba ao certo o que está comprando: se são visitas novas ou visitantes recorrentes, ou visitas únicas etc. Outro ponto é entender melhor a atribuição, ou seja, entender o que gerou a visita e a quem atribuiu a visita.

Um tema que emergiu em 2018 e será destaque em 2019 é a privacidade. Questões jurídicas e compliance de dados são pontos que estarão presentes na agenda de empresas e marcas envolvidas. Acreditamos que o que pode surgir como desdobramento é a reciprocidade, pilar que temos apoiado muito aqui na Hands. Com a privacidade deixando cada vez mais transparente e à luz do dia os assuntos relacionados aos dados, os usuários serão cada vez mais céticos no seu compartilhamento, buscando entender qual o benefício prático terão. Criar estratégias de marca e produto que considerem a melhoria da prestação dos serviços e distribuição dos conteúdos será chave para que empresas possam ter acesso de forma clara e transparente aos dados de seus usuários.

João Carvalho, CEO da Hands Mobile