Hands inicia operação no México; vendas na Black Friday crescem 5 vezes no Brasil

Confira no giro de notícias da semana, os destaques do mercado brasileiro e internacional de mídia programática: Hands escolhe Mérico para iniciar sua expansão pela América Latina; estudo da Criteo detalha crescimento da Black Friday no Brasil; Hubspot analisa a evolução do consumidor digital no Brasil; Applift nomeia Maor Sadra como CEO.

Hands inicia operação no México

A Hands Mobile, empresa brasileira de data driven e mobile experience, escolheu o México para abrir seu primeiro escritório internacional e iniciar a expansão de suas operações na América Latina. De olho nas oportunidades para suas soluções de mobile, a ad tech espera atingir crescimento no país já em 2019.

O México possui 102,9 milhões de smartphones ativos, uma penetração de 87,1% do total de linhas móveis do país, segundo a consultoria mexicana Competitive Intelligence Unit (CIU). Os dados do primeiro trimestre vindos do Instituto Federal de Telecomunicações (IFT) mostram que o mexicanos trocaram 362,5 mil de Terabytes (TB) em internet móvel, com 62% de uso de 4G – a modalidade de internet móvel mais rápida.

“O mercado mexicano digital tem incrível potencial para anunciantes e agências inovarem na comunicação com os consumidores via smartphones. E agora estamos trazendo novas possibilidades de explorar conteúdo, para gerar maior engajamento dos usuários com os serviços de nossos clientes”, destacou João Carvalho, CEO da Hands Mobile. Já Marcelo Chuquer, que assume como Country Manager na região, enfatizou que a empresa deposita toda a confiança no mercado mexicano com agências e anunciantes.

A Hands já negocia com potenciais clientes de vários segmentos do México, como bancos, varejo, concessionárias, tecnologia, artigos esportivos, turismo, alimentação e bens de consumo. A empresa começa suas operações no país com uma equipe na capital mexicana e duas parcerias de grande audiência: uma delas é a Start’, editora de dispositivos móveis que impulsiona engajamento e monetização baseados em conteúdo e parceira exclusiva da Telcel; outra é a 365 Scores, uma das maiores plataformas digitais de esportes do mundo e com uma forte presença mobile no mercado Mexicano.

Criteo: vendas na Black Friday cresceram 5 vezes no Brasil em 2018

Durante a última sexta-feira, 23 de novembro, o tráfego de consumidores no e-commerce brasileiro triplicou em relação à média do mês de outubro, o que resultou em um aumento de 5,4 vezes nas vendas. Na noite da quinta-feira, véspera da Black Friday, as vendas pela Internet registraram às 22h00 um crescimento de 4 vezes no desktop e 4,5 vezes no celular quando confrontadas com a quinta-feira anterior.

Entre os produtos mais vendidos na data promocional deste ano estiveram smartphones, calçados e TVs. No sábado, o índice de compras realizadas em dispositivos móveis também permaneceu elevado durante todo o dia, confirmando a tendência de crescimento das compras on-line pelo celular.

Os dados são da Criteo, plataforma de anúncios para a internet aberta, sobre o comportamento do consumidor durante a Black Friday. O período considerado pelo estudo foi de 21 a 24 de novembro (quarta a sábado) e analisou horários de pico, dispositivos utilizados para pesquisar produtos e finalizar as compras, categorias e produtos mais comprados.

“Em comparação aos anos anteriores, quando quase a totalidade das compras foram realizadas durante a Black Friday, nesta edição observamos um grande movimento também nos dias anteriores e posteriores, principalmente em compras fechadas através de dispositivos móveis”, disse Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para o Brasil e América Latina. Segundo ele, a data continua conquistando cada vez mais espaço no Brasil com vendas chegando a ser 5 vezes maiores.

“Ainda hoje as compras seguem aquecidas nas lojas físicas e, por isso, é muito importante que tanto as marcas quanto os varejistas alinhem a estratégia online com uma experiência relevante e de qualidade nas lojas”, reforça o executivo.

As três categorias com melhor desempenho de vendas na Black Friday foram Varejo, Sites de Comparação de Produtos e Vestuário. A categoria que mais cresceu, com 35%, foi a de Viagens. Os dispositivos móveis foram usados principalmente para comprar Alimentos e Bebidas (95%) e Anúncios e Classificados (73%), enquanto o desktop foi predominante no Varejo (60%) e em Viagens (69%).

Estudo da Hubspot analisa a evolução do consumidor digital no Brasil

A maneira como as pessoas interagem com as marcas mudou, como aponta a pesquisa “Evolução do Consumidor Digital no Brasil”, realizada pela HubSpot, plataforma de CRM, marketing, vendas e atendimento ao cliente. Segundo o levantamento, 51% dos consumidores afirmam ter mais confiança nas informações do Google do que na opinião de amigos e familiares (46%).

Realizado com mais de 600 executivos de diferentes setores do mercado brasileiro, o relatório mostra que 80% das pessoas acreditam que as redes sociais têm um impacto positivo na sociedade.

“Notamos que a forma como os consumidores brasileiros se comunicam afeta diretamente nas operações das empresas: eles trocam informações, compartilham experiências e pesquisam antes de entrar em contato com uma companhia”, pontua Rodrigo Souto, gerente de marketing da HubSpot no Brasil.

Quando questionados sobre em quais canais ou plataformas descobrem novos produtos e empresas, 72% dos entrevistados indicaram o Google, 56%, o Facebook e 50%, o Youtube. Além disso, a maior parte dos pesquisados, 45%, preferem consumir conteúdo em vídeo (como tutoriais) das marcas e empresas que acompanham. 40% preferem informações por email e 34% por imagens em redes sociais (como posts no Instagram).

Cerca de 67% dos entrevistados preferem se envolver e aprender mais sobre as marcas que gostam por meio do website oficial, 47%, assistindo os vídeos da companhia e 42% curtindo conteúdo na página do Facebook.

Fechar negócios segue como prioridade dentro das empresas, com 70%. Entretanto, 39% dos entrevistados querem melhorar a eficácia de seus processos (como a melhora do funil de vendas, por exemplo). Nos próximos 12 meses, estes são os canais de distribuição de conteúdo que estão no planejamento das companhias como foco das ações de marketing: Youtube (63%), Instagram (58%), Vídeos no Facebook (56%) e Redes Profissionais como o LinkedIn (54%).

Applift nomeia Maor Sadra como CEO

A Applift, empresa de tecnologia de anúncios móveis, acaba de nomear Maor Sadra como novo CEO. Maor, que assume a posição do cofundador da Applift, Tim Koschella, trabalha na companhia desde 2014, ocupando os cargos de vice-presidente de desenvolvimento estratégico e, posteriormente, diretor executivo e diretor de receita em 2015.

“Estou extremamente orgulhoso de ter passado os últimos seis anos e meio construindo a Applift como a principal empresa de publicidade móvel que é hoje”, disse Koschella. “A Applift está em uma ótima posição para embarcar em uma nova era de crescimento sob a expertise e a liderança da Maor à medida que continua desenvolvendo seus negócios”.

Maor Sadra é o novo CEO da Applift

“Sob a liderança de Tim, a Applift floresceu a grandes alturas e realmente deu certo em nossa visão de capacitar publishers de aplicativos e marcas para aproveitarem o poder da publicidade em aplicativos móveis”, disse Sadra, o novo CEO da Applift. “Estou ansioso para liderar a empresa agora, enquanto continuamos a oferecer desempenho, inovação e os melhores serviços para nossos clientes ao longo de toda a jornada do cliente”.

Com mais de 15 anos de experiência no lado da oferta e da demanda, Sadra desempenhou um papel fundamental na condução do crescimento do Applift entre países e verticais de clientes. Enquanto CRO, liderou expansões de negócios e relacionamentos com clientes. Agora, tem a missão de continuar a desenvolver a visão da empresa para ajudar marcas e anunciantes a alcançar e converter seus públicos-alvo para dispositivos móveis.