Scripps adquire Triton; Adsmovil ultrapassa 90% de viewability

Confira no giro de notícias da semana, os destaques do mercado internacional e regional de publicidade digital: Scripps adquire Triton e avança no crescente mercado de áudio digital; campanhas de mobile vídeo in-app da Adsmovil alcançam 90% de viewability segundo a MOAT; Zoomin.TV completa sete anos no Brasil; Teads anuncia novo posicionamento como plataforma global de mídia.

A compra da Triton Digital pela Scripps

A E.W. Scripps Company acaba de anunciar a aquisição da Triton Digital, líder global em tecnologia de áudio digital e serviços de medição, com intuito de avançar suas estratégias no mercad de áudio digital a curto e longo prazo.

A Triton atua no crescente mercado de áudio digital por meio do modelo de receita business-to-business de software como serviço (SaaS). A empresa oferece tecnologias de streaming de música e podcast e mensuração para os maiores nomes do áudio, incluindo Pandora, Spotify, NPR, iHeart, Entercom, Cumulus, Prisa (Espanha), Mediacorp (Cingapura) e Karnaval (Turquia). No Brasil, JovemPan e Sistema Globo de Rádio utilizam a inteligência da Triton para monetização do conteúdo de áudio digital via mídia programática desde setembro.

As soluções de infraestrutura e ad-serving da Triton fornecem streams de áudio ao vivo e sob demanda e inserem anúncios nesses streams. O serviço de dados e medições da Triton é reconhecido como a moeda pela qual os publishers vendem publicidade de áudio digital.
Alguns números financeiros da transação que merecem destaque: o preço de compra é de US$ 150 milhões, financiados com dinheiro em caixa; a Triton será imediatamente acrescentada às margens da empresa; a receita da Triton em 2018 está projetada para US$ 40 milhões, com o EBITDA projetado entre US$ 15-17 milhões.

Segundo o presidente e CEO da Scripps, Adam Symson, a aquisição é consistente com as estratégias de crescimento e metas de desempenho operacional da empresa: “A Triton oferece à Scripps bens para expandir seu papel no mercado de áudio digital em rápido crescimento. Modelo eficiente de negócios da Triton, múltiplos fluxos de receita crescentes, vantagens competitivas e expansão da pegada internacional tornaram esta uma oportunidade atraente”.

Nos últimos 12 anos, a Triton se tornou o padrão da indústria pelo qual o áudio digital é medido, acrescentou Symson, enquanto sua infraestrutura e soluções de ad-serving impulsionam o crescimento das maiores empresas de áudio do mundo.

“A aquisição de novas estações de televisão continua sendo nossa prioridade número um em fusões e aquisições, com o objetivo de melhorar nossa escala nacional e aprofundar nosso portfólio de Mídia Local”, disse Symson. “Do lado da Mídia Nacional, a aquisição da Triton complementa nossa estratégia de adquirir negócios em crescimento que capitalizam os hábitos em evolução dos consumidores de mídia e reforçam nosso compromisso com a expansão de margem.

Desde a sua criação, a Triton fez parceria com as maiores e mais bem sucedidas empresas de áudio em todo o país e em todo o mundo para apoiar o crescimento do ecossistema de streaming de áudio, destacou o cofundador e CEO da Triton, Neal Schore. “Associar-se à Scripps, uma empresa conhecida por seu foco no futuro da mídia, apoiará nossa inovação contínua e fortalecerá os produtos e serviços que oferecemos aos nossos clientes aqui nos EUA e continuará nossa expansão em todo o mundo”.

O mercado de áudio digital global deve crescer para US$ 14,8 bilhões em 2022, segundo a Statist, à medida que os consumidores recorrem cada vez mais aos serviços de streaming de áudio. O crescimento da indústria vem como resultado da onipresença dos smartphones, da popularidade dos carros conectados e do crescimento explosivo dos smart speakers nas residências.

A transação está prevista para ser concluída até o fim do ano. A Moelis & Company atuou como consultora financeira da Triton na negociação.

Adsmovil: 90% de viewability em mobile vídeo in-app

Desde o início do ano, a Adsmovil é a representante exclusiva na América Latina da AdColony, líder no segmento de publicidade em vídeo in-app. E a parceria já mostra resultados positivos. “Desde de 31 de janeiro estamos realizando medições do nosso produto de vídeo in-app e obtivemos mais de 120 milhões de impressões, um viewability acima de 90% segundo a MOAT”, ressaltou Alberto Pardo, CEO e fundador da Adsmovil.

Para o executivo, o desempenho evidencia a relevância do viewability no mercado. Hoje, a métrica é cada vez mais relevante para as marcas que buscam garantias reais de que os investimentos em publicidade digital são efetivos.

Por meio do acordo, a Adsmovil passou a ofertar ao mercado latino-americano o produto Instant-Play HD Video, tecnologia pré-cache que garante a exibição dos vídeos publicitários em alta definição e permite a compressão dos vídeos em segundo plano nos dispositivos móveis. A plataforma é 100% integrada integrada à MOAT, empresa especializada em verificação da métrica de viewability em campanhas de publicidade. Além disso, a solução é apoiada pelo também pela tecnologia in-app da Adsmovil.

A métrica de viewability da MOAT tem como critério a contagem de três segundos a partir do clique no vídeo e, enquanto ele carrega, a contagem está em andamento. Por essa razão, a média de viewability do mercado, de acordo com a MOAT, é de 32%.

“O diferencial da nossa solução é que por meio do Instant-Play os vídeos já estão pré-carregados graças à tecnologia pré-cache, logo o usuário não precisa esperar e o vídeo carrega automaticamente. Desta forma conseguimos obter 92% de viewability nos três segundos iniciais das nossas campanhas”, conclui Pardo.

Zoomin.TV completa sete anos no Brasil

Em 2018, a Zoomin.TV comemora sete anos no mercado brasileiro e celebra, entre tantas conquistas, o 6º lugar no ranking de audiência dos veículos de mídia do ComScore. Outra grande novidade é que empresa passou a pertencer 100% ao grupo sueco MTG (Modern Times Group), que já tinha 51% de participação.

Com essas mudanças, a Zoomin.TV continua sua missão frente aos vídeos online, modelo que foi precursora em todo o mundo. A empresa distribui, globalmente, mais de 14 horas diárias de matérias em vídeos para grandes publishers, além de comandar mais de 2 mil Youtubers em sua plataforma em todo o mundo.

A Zoomin.TV é líder global na distribuição de vídeos online e tem como objetivo atingir os espectadores da Geração Z. Sediada em Amsterdã e com 16 escritórios em quatro continentes, a rede global de 3.500 jornalistas freelancers da Zoomin.TV produz conteúdo em vídeo que resulta em cerca de 3,2 bilhões de visualizações todos os meses.

Em sete anos de história, a Zoomin.TV Brasil entregou mais de 1.100 campanhas. Outra área fortalecida em 2018 foi a creative agency, responsável pelo branded content de grandes projetos para marcas como Vale, Seguradora Líder, Chevrolet, Petrobras, Ministério da Saúde, Caixa, Spoletto, Pepsico, Citröen, Azul, Paramount Studios, Bauducco, Varilux e Vigor e Embratur.

Há quatro anos no comando da empresa, o objetivo do country manager Paulo Leal sempre foi investir intensivamente na área de criação. Os esforços resultaram em um trabalho consistente de alto faturamento para a empresa, que visa ampliar a atuação não apenas em São Paulo, como também Rio de Janeiro e Brasília, dois outros importantes mercados para a Zoomin.TV.

Paulo Leal, country manager da Zoomin.TV

“Uma das grandes vantagens para os clientes é encontrar não só o projeto de conteúdo para a marca como a entrega de mídia embutida no valor. Isso significa que o cliente ganha a produção e a distribuição pelos principais publishers no mercado”, explica Paulo Leal.

Outro importante modelo de negócio da Zoomin.TV é a MCN, rede de inteligência de recomendação de conteúdo que tem como objetivo promover o crescimento dos canais. Isso acontece com a alavancagem de audiência entre os influenciadores no YouTube, redes sociais e nos mais de 100 publishers associados à Zoomin.TV. Ao todo, a rede é composta por 500 influenciadores digitais brasileiros que, junto com os canais da Zoomin.TV, contabilizam 30 milhões de inscritos e 300 milhões de views mensais.

No dia 22 de outubro, Roger Lodewick, novo CEO global da Zoomin.TV desembarca no Brasil para a primeira visita ao escritório em São Paulo. O executivo foi CCO da Comosa e possui vasta experiência em direitos de mídia, gerenciamento de produtos e marketing. São mais de 12 anos de experiência na indústria de mídia e entretenimento, incluindo cargos de alto nível na TEAM Marketing e na UEFA Champions League.

Teads anuncia novo posicionamento como plataforma global de mídia

O desenvolvimento da Teads vem sendo orientado pela visão incansável de construir uma plataforma única que une e empodera os principais publishers do mundo para oferecer uma alternativa global de publicidade ao mercado. Para articular essa visão com clareza, a Teads adota o posicionamento “The Global Media Platform”. O comunicado também reflete a jornada contínua da empresa para expandir de um portfólio de produtos de publicidade em vídeo e display, para um conjunto mais amplo e sofisticado de soluções full-funnel aos melhores publishers e anunciantes do mundo.

Em setembro de 2017, a Teads apresentou a sua suíte de produtos Viewable Display que hoje representa quase 20% da receita anual da empresa. Em junho de 2018, lançou um modelo de de compra baseado em performance, ajudando os anunciantes a levarem novos consumidores a suas propriedades digitais. Esta solução de performance já foi adotada pelas principais marcas automotivas, varejistas e empresas de tecnologia de consumo, entre outros setores.

Ao se integrar diretamente com os principais publishers do mundo, a Teads reúne uma audiência mensal de 1,2 bilhões de usuários únicos. Como resultado, o alcance da plataforma em muitos países é igual ou maior que o do YouTube ou do Facebook. Nas últimas semanas, a empresa assinou parcerias internacionais exclusivas com a Apple News, BBC e The Economist.

Na América Latina, seu alcance é de mais de 222 milhões de usuários únicos, sendo que no Brasil esse número atinge 112 milhões, segundo a comScore. Em junho, no Brasil, a empresa fechou um acordo com as Publicações Globo, parte do maior grupo de comunicação do país.

“Atuar como protagonista no mercado digital é usar a inovação em prol dos consumidores, anunciantes e publishers. Ser reconhecido como a plataforma global de mídia que traduz escala com qualidade em todos os pontos de contato do ecossistema digital é o que nos motiva”, afirma Fabricio Proti, Diretor Executivo da Teads no Brasil.

Como a Plataforma Global de Mídia, a visão da Teads está centrada em quatro pilares que buscam endereçar os principais desafios da indústria. São eles: um único ponto de contato para os principais publishers do mundo; criativos que se destacam e respeitam o usuário; soluções full-funnel de monetização orientadas aos objetivos de negócios; resultados garantidos, otimizados por IA e dados.