Facebook inicia combate a ad blockers; Adsmovil e In Loco Media fecham parceria

No giro de notícias da semana, os principais destaques da indústria digital: medida anunciada pelo Facebook mostrará anúncios mesmo para usuários de ad blockers; Adsmovil e In Loco Media fecham acordo para oferecer inventário de 5 bilhões de impressões mensais; DynAdmic e Moat lançam métrica AVOC no Brasil; usuários da América Latina dominam as redes sociais durante as Olimpíadas. 

Facebook adota medida “anti-ad-block”

O Facebook anunciou essa semana que pretende fazer com que os anúncios pareçam cada vez mais com conteúdo, dificultando assim a ação das tecnologias bloqueadoras de publicidade. O que faz sentido, já que a receita da companhia depende majoritariamente da publicidade.

Essa é uma tentativa da companhia de reagir ao crescente uso global de ad blockers, soluções que impedem que os anúncios de aparecendo nas telas dos usuários e que tem levado a um declínio na receita de anúncios desktop do Facebook nos últimos anos, conforme já sinalizado pela empresa em janeiro.

A rede social ainda não revelou detalhes técnicos da medida “anti-ad-block”, mas tudo indica até agora que o caminho será dificultar a detecção de anúncios pelos bloqueadores por meio de mudanças nos mecanismos de carregamento. Assim, mesmo os usuários que possuem essas tecnologias instaladas em seus desktops verão propagandas na timeline da rede social.

As mudanças são destinadas apenas à versão desktop do Facebook. Por enquanto, os bloqueadores de anúncio ainda não têm impactado na receita móvel da companhia – embora 84% da receita de anúncios do Facebook veio do mobile no segundo trimestre.

Adsmovil e In Loco Media anunciam parceria

A Adsmovil, empresa de publicidade mobile na América Latina e no mercado hispânico nos Estados Unidos, fechou um acordo com a startup pernambucana In Loco Media, especializada em aplicativos mobile e dona de uma rede de mais de 600 apps e 50 milhões de usuários ativos. Com isso, anunciantes da Adsmovil poderão agora comprar espaços publicitários no inventário de aplicativos mobile nacionais e internacionais, com acesso à geolocalização indoor fornecida pela In Loco Media.

“A In Loco Media é uma importante parceira neste sentido por conta de sua plataforma inovadora no mercado brasileiro e por sua tecnologia de geolocalização indoor baseada em dados, que permite aos varejistas o melhor entendimento do comportamento do público target e de impactar no momento ideal”, destaca Alberto Pardo, CEO da Adsmovil.

A oferta está disponível por meio da integração da DSP da Adsmovil e a Ad Exchange da In Loco Media. Segundo André Ferraz, CEO da In Loco Media, as parcerias com empresas de mobile, como a Adsmovil, têm sido o caminho para extrair mais valor do inventário publicitário e da tecnologia da companhia.

DynAdmic e Moat lançam métrica AVOC no Brasil

Em parceria com a Moat, a adtech especializada em vídeo online DynAdmic traz para o país a métrica AVOC (Audible and Viewable On Completion). Desenvolvida pela Moat e certificada pelo MRC (Media Rating Council), o modelo inclui critérios como audibility e viewability no final do vídeo na mensuração de resultados de campanhas digitais.

Por meio do AVOC, anunciantes podem acessar dados que permitem avaliar a interação com o usuário, incluindo o áudio e viewability ao completar o anúncio. Segundo a DynAdmic, a disponibilização da métrica é importante para o desenvolvimento da publicidade digital no país, onde o modelo de negociação ainda é fortemente baseado em CPV completo, e chega ao mercado brasileiro no momento que o viewability tem sido amplamente discutido.

“A análise de visualização de um anúncio em vídeo online está evoluindo para um novo patamar em termos de exigência e transparência. Com isso, nosso objetivo é liderar essa mudança ao disponibilizar novos modelos de negócios, mais adequados às necessidades dos anunciantes”, pontua Lara Krumholz, gerente-geral da DynAdmic na América Latina.

A oferta de mensuração está disponível para managed service, self-service ou via mídia programática. A métrica está em implementação por anunciantes e trading desk como Cadreon, L’Oréal, Claro e Renault.

América Latina é a região mais engajada nas Olimpíadas

Durante a cerimônia de abertura da Rio 2016, na última sexta-feira (5), o Facebook e Instagram receberam, juntos, por mais de 161 milhões de interações realizadas por 73 milhões de perfis. As redes sociais definitivamente dominaram as atividades na segunda tela, onde usuários de todo o mundo puderam compartilhar impressões e acompanhar os melhores momentos.

Pela primeira, os jogos foram realizados no território sul-americano, e os latinos fizeram por onde: o Brasil, sede das Olimpíadas, foi o país mais engajado, com 15 milhões de usuários que geraram 40 milhões de interações. Em seguida, aparecem Argentina, México, Estados Unidos e Peru.

Somente no Facebook foram geradas 109 milhões de interações sobre o evento, realizadas por 52 milhões de pessoas. O Intagram recebeu 52 milhões de interações motivadas por 21 milhões de usuários. Já as hashtags mais utilizadas foram rio2016, olympics e olimpiadas2016, na sequência.