×

Adsmovil Brasil tem crescimento sólido em 2016; Rubicon anuncia "Project Awesome"

No giro de notícias da semana: Adsmovil amplia portfólio de clientes em 60% e cresce 40% em número de campanhas em 2016 no país; Rubicon Project lança solução alternativa ao adblocker que permitirá ao usuário decidir as publicidades que querem ver em suas telas; estudo da Criteo revela que mobile responde por 17% das reservas online de viagens no Brasil; Harrenmedia comemora bons resultados do ano e oficializa country manager no Brasil; S4M transfere operação LATAM para Miami e passa a ser representada no Brasil pela boo-box/ftpi.*

Programático e novos formatos em vídeo impulsionam Adsmovil no Brasil

A Adsmovil comemora seu terceiro ano de operação brasileira com um crescimento do portfólio de clientes em 60% e o aumento de 40% no número de campanhas realizadas em 2016, em comparação ao ano anterior. O ótimo desempenho é atribuído à plataforma de mídia programática mobile e de novos formatos de vídeo vertical e vídeo 360º. A empresa de publicidade mobile focada na América Latina, mercado hispânico nos Estados

Unidos e Espanha, também comemora seu sexto ano de operação global.

Alberto Pardo, CEO da Adsmovi, ressaltou a importância do time local para alcançar tais resultados, ainda mais em um ano desafiador como 2016. “Acreditamos que o sucesso está ligado ao esforço constante em inovar com soluções que acompanham a rápida evolução do mercado como a nossa plataforma de mídia programática que reúne múltiplas funcionalidades e o pioneirismo em formatos como vídeo vertical e 360º”.

O ano também foi marcado para a Adsmovil por parcerias estratégicas com as empresas MOAT e AppsFlyer, que reforçam o objetivo de oferecer aos clientes uma melhor compreensão do ROI de suas campanhas. Entre os projetos de 2016 que foram destacados pela companhia, estão a iniciativa Latino Voice, que em parceria com a Universidade Internacional da Flórida mapeou o comportamento do voto latino nas eleições americanas.

Em 2016, a líder em publicidade mobile também inovou ao desenvolver o projeto Latino Voice, em parceria com a Universidade Internacional da Flórida, e que mapeou semana a semana o comportamento do voto latino sobre as eleições presidenciais nos Estados Unidos, e cases como o do Banco Original, realizado a partir de serviços de geolocalização oferecidos pela plataforma criativos dinâmicos da adtech.

Rubicon anuncia“Projeto Awesome”

A Rubicon Projet quer dar poder aos consumidores para decidirem se querem ou não ver  anúncios intrusivos e irritantes. A adtech anunciou essa semana o Projeto Awesome, que vai permitir que os usuários escolham os anúncios que são exibidos em suas telas. A iniciativa está atualmente em versão beta e aberta aos usuários interessados somente por convite.

Com apoio do aprendizado de máquina, a Rubicon quer coletar o feedback dos clientes exibindo uma interface de usuário com cada anúncio. E por meio da interação com essa interface, os usuários podem bloquear anúncios que não querem ver, bem como “curtir” anúncios relevantes. Assim, um usuário pode criar seu próprio perfil com suas preferências, o que ajuda o sistema automatizado da Rubicon a identificar anúncios relevantes e adequados aos interesses individuais.

“Nossa visão é transformar a publicidade em informações e fornecer informações como um serviço aos consumidores. Queremos mudar a publicidade para o bem”, comentou Frank Addante, CEO e fundador do Projeto Rubicon. Ele também pontuou que a publicidade sempre envolveu três participantes, mas que por muito tempo a indústria se concentrou nos compradores e vendedores, ignorando a experiência dos consumidores.

A abordagem centrada no cliente é uma reação da Rubicon ao uso crescente de ad blockers. Com isso, a adtech quer oferecer uma outra escolha aos usuários, além de bloquear ou ver todos os anúncios. “Hoje, estamos oferecendo uma nova opção, a capacidade de escolher os anúncios específicos e os interesses que você deseja ou não ver. “

Mobile alavanca turismo no Brasil

O mobile já responde por 17% das reservas online de viagens no Brasil, ou seja, quase uma em cada cinco. Dentre os dispositivos móveis, o smartphone é o preferido dos brasileiros para compra de passagens e hospedagem, representando 13% das vendas online.

Os dados fazem parte do levantamento “Travel Flash Report” produzido pela Criteo e mostra um crescimento de 31% no uso de smartphone ou tablet para essas reservas entre junho de 2015 para junho de 2016. A pesquisa foi baseada nos dados de vendas de mais de mil parceiros anunciantes, agências de turismo e fornecedores online globais.

Em comparação, o estudo analisou o comportamento dos viajantes online globalmente: o Japão aparece como o líder no uso de canais mobile para compra de viagens, com 38% das reservas online; em segundo e terceiro lugar, figuram Austrália (34%) e Estados Unidos (32%). Já o smartphone representa 33% das compras no Japão, 25% na Turquia e 24% nos Estados Unidos.

O Brasil é um dos muitos países em que o smartphone está em grande vantagem em relação ao tablet, apresentando mais de 75% de participação, atrás apenas da Turquia e do Japão. Diante desse avanço, Fernando Tassinari, diretor geral da Criteo no Brasil, nota a necessidade de criar estratégias direcionadas para esses canais: “Para atrair novos usuários ou manter os que já aproveitam essa praticidade, é necessário investir ainda mais em serviços, além de simplificá-los, seja no site, que obrigatoriamente deve ter navegação amigável, ou aplicativo”.

Harrenmedia apresenta bons resultados para o ano

A empresa latino-americana de mídia programática Harrenmedia também divulgou seus resultados para o ano, com 150% de crescimento em vendas 2016 sobre o ano anterior. Os produtos carro-chefe foram vídeo, pesquisas e mobile para clientes diretos e agências.Dentre os principais negócios fechados neste ano, estão empresas como Mondelez, Samsung, FIAT, Bayer e Renault.

“Considerando todas as incertezas político-econômicas do País, foi um primeiro semestre abaixo das expectativas, mas graças a variedade de plataformas digitais e nosso posicionamento como empresa de ‘Inteligência Digital & Humana’, este cenário começou a mudar já na virada do primeiro semestre e em menos de seis meses nosso time comercial conseguiu alcançar resultados positivos acima da média”, avaliou Alex Baptista, que acaba de ser oficializado como country manager da Harrenmedia no país.

S4M transfere operação LATAM para Miami e passa a ser representada no Brasil pela boo-box/ftpi

A partir de agora, a plataforma de mídia programática mobile francesa S4M, que inaugurou suas operações no Brasil em 2014, culminando na abertura de um escritório local em 2015,  será representada no Brasil pela boo-box/ftpi, especializada em venda de mídia online. O acordo resultará no encerramento do escritório brasileiro e transferência da operação LATAM para Miami, segundo informou a assessoria de imprensa da S4M.

A criação de uma hub em Miami visa suportar os crescentes negócios na América do Norte, unindo os projetos do escritório de Nova York com o potencial de desenvolvimento mobile na zona do Caribe, graças ao desenvolvimento de mercados como México, Colômbia e Panamá.

Apesar das diversas demissões efetuadas no último mês no Brasil, a companhia enfatizou em comunicado que “tem ampliado sua atuação no mercado brasileiro, em especial no Nordeste, no Sul e no Rio, com previsão de abertura também em Brasília”.

“Miami representa uma oportunidade inédita de levar o inventário LATAM para o mercado hispânico dos Estados Unidos e fomentar a troca de boas práticas entre as duas regiões. Ao mesmo tempo nossa presença no Brasil ganha em cobertura escalável com o apoio da FTPI/BooBox, que terá uma equipe dedicada para prosseguir a aventura da S4M no Brasil iniciada há dois anos”, esclareceu Julien Houdayer, VP Sales da S4M.

*Atualizado em 09/12/2016 às 17h15.