Publicidade digital avança na Argentina; RPA Media Place reforça transparência

No giro de notícias, os destaques do mercado programático e digital LATAM: estudo do Grupo Havas indica crescimento no cenário digital argentino acima da inflação; publisher co-op RPA tem novo diretor e esclarece saída do Clarín e novo posicionamento; IAB Brasil lança e-book sobre Marketing de Geolocalização.

Copa do Mundo impulsionará investimentos em digital na Argentina

As estimativas do mercado apontam a América Latina como a região de maior crescimento em mídia digital e programática em 2018, e a Argentina está entre os destaques. O país deve experimentar um crescimento de 20% nos investimentos em publicidade digital esse ano, de forma que a publicidade programática responderá por 15% desse total. A previsão foi apresentada pelo Grupo Havas, que indica um avanço de 22% nos gastos com publicidade no país esse ano.

A Copa do Mundo está entre os principais motores desses investimentos, que fará com que a publicidade cresça acima dos índices de inflação, somado a um contexto otimista de recuperação econômica do país. Mais do que nunca, os argentinos devem dividir a atenção entre as telas para acompanhar o mundial em tempo real. Com isso, o estudo evidencia o desafio das marcas para se destacarem no digital em meio ao ruído.

O levantamento do Havas Group também pontua outras tendências que alavancarão o cenário digital argentino, tais como: crescimento dos distribuidores de conteúdo over-the-top; novos formatos de e-commerce no contexto da social media, com foco no mobile e segmentação de audiência (social shopping); avanço da compra de audiência segmentada baseada em dados e geolocalização, em detrimento da compra de mídia tradicional.

RPA Media Place aposta em transparência

Dois anos após sua fundação, a RPA Media Place continua trabalhando seu crescimento no mercado de publicidade programática premium na Argentina e na região. Desta vez, a publisher co-op anuncia a nomeação de Fernando Mariasch como novo diretor. A aliança evidencia a importância da nova contratação para fortalecer sua estratégia de oferecer uma verdadeira solução full-stack para anunciantes e agências com foco em transparência.

Como parte dessa evolução e da entrada de novos parceiros em âmbito regional, a aliança esclareceu, ainda, que o Grupo Clarín (Agea e Artear) decidiu continuar de forma independente o desenvolvimento de suas tecnologias programáticas, deixando a RPA.

No comunicado enviado à imprensa, a publisher co-op argentina também, que oferta programaticamente inventários de veículos como La Nación, Perfil, Infobae e Telefe, evidenciou que hoje seu modelo de negócios encontra-se consolidado no país, endossado pela expansão a nível regional, iniciada com uma primeira operação no Uruguai que, em breve, deve se estender para outros países.

“Hoje, mais do que nunca, temos que redobrar nosso compromisso com a transparência, tecnologia e qualidade. A longa carreira de Fernando faz dele o líder indicado para esta etapa do mais ambicioso projeto programático no continente”, apontou Gervasio Marques Peña, gerente comercial da La Nación e presidente da RPA.

IAB Brasil lança e-book sobre Marketing de Geolocalização

O IAB Brasil começou o ano com diversas novidades, dentre elas o novo e-book “Marketing de Geolocalização: do planejamento à mensuração de resultados”, desenvolvido pelo Comitê de Mobile com informações do IAB US, dados do mercado brasileiro, entrevistas com especialistas e a contribuição de empresas como Clear Channel, Hands, InLoco Media e Waze. O material está disponível para download gratuito no site da entidade.

Além disso, o IAB dá sequência à sua agenda de cursos e webinars voltados para a publicidade digital e programática com objetivo de educar o mercado e promover a disseminação de conceitos e tendências. Dentre os cursos abertos, há treinamentos presenciais e a distância de capacitação em publicidade digital para empresa, aspectos jurídicos da compra de mídia online e programmatic sell-side. Para mais informações, acesse: https://iabbrasil.com.br/.

Comentários