Vídeo: o grande “rockstar” da publicidade mobile em 2018

O formato vídeo seguirá como um dos principais destaques e aos poucos veremos emergir soluções relacionadas à inteligência artificial. Os temas fraude e transparência ainda deverão fazer parte da agenda de todos os players da indústria, em busca de um ambiente seguro para as marcas. Essas e outras estão entre as apostas para o mercado de publicidade digital esse ano, segundo Alberto Pardo é CEO e fundador da Adsmovil. Confira a seguir o artigo escrito pelo executivo com exclusividade para o ExchangeWire Brasil.

Como de costume chegou o momento de identificarmos quais são as tendências da publicidade mobile para 2018, já que falar em crescimento dessa indústria não se trata mais de previsão.

Abaixo, cinco destaques para a publicidade mobile esse ano:

Vídeo: o vídeo será o grande “rockstar” da publicidade mobile. Três quartos de todo o tráfego móvel será consumido por meio dele em cinco anos, de acordo com um recente estudo da empresa de telecomunicações Ericsson. No geral, o tráfego mundial de dados móveis aumentará para 110 exabytes por mês até 2023, ou o equivalente a 5,5 milhões de anos de transmissão de vídeo HD. São oito vezes os 14 exabytes por mês que usamos em 2017, ou seja, mais pessoas assistirão a mais vídeos nos seus celulares.

Inteligência artificial: em 2018, a inteligência artificial chegará a publicidade mobile. Depois de décadas conduzidas por poderosos algoritmos, estamos começando a ver alteração no desenvolvimento da tecnologia com o aprendizado da máquina, a partir do momento em que softwares passam a tomar decisão com base nos avanços tecnológicos. Novas aplicações com base em inteligência artificial deverão surgir na nossa indústria, como processos de linguagem natural, agentes virtuais, chatbots, entre outros.

Programático: o mercado programático no Brasil está em pleno crescimento e deverá seguir essa tendência. Estamos vendo muitos anunciantes e agências usando essas tecnologias e, embora o Brasil tenha demorado um pouco mais para adotar estas tecnologias de forma massiva, hoje está na posição número 1 em termos de crescimento na região.

Fraude e Transparência: a fraude continuará sendo um dos maiores problemas da indústria da publicidade. Acredito que em 2018 as marcas e as agências estarão muito mais conscientes desses riscos, tomando medidas para evitá-los e combatê-los. Certamente, o uso de plataformas como Moat, Sizmek, IAS se tornará um padrão na indústria.

Plataformas fechadas: em 2018, as plataformas fechadas (walled gardens) aumentarão ainda mais rapidamente a participação no investimento publicitário, já que os serviços gratuitos oferecidos por elas são atraentes o suficiente para que os usuários compartilhem seus dados pessoais para garantir o acesso.