Tradelab inicia operações no Brasil; IAB Brasil tem novo presidente

No giro de notícias da semana: plataforma francesa de mídia de mídia programática Tradelab inaugura operação brasileira; IAB Brasil elege Cristiano Nobrega, da Tail, como presidente da próxima gestão; ABComm estima crescimento de 18% do ecommerce durante a Black Friday desse ano; Zoomin.TV lança novos serviços; Predicta Melt apresenta adnetwork premium

Tradelab inicia operações no Brasil

A plataforma francesa de mídia de mídia programática Tradelab inaugura operação brasileira, o sexto país onde possui negócios. Essio Floridi assume como diretor geral. O executivo acumula passagens por Globosat, Yahoo! e Isobar.

Fundada em 2011 na França, a Tradelab é uma plataforma multi-device de compra programática que permite aos anunciantes e agências se conectarem com seus públicos por meio da utilização em tempo real de dados em grande escala.

Segundo Yohann Dupasquier, CEO da Tradelab, a chegada da companhia coincide com a previsão de um aumento de 40% da compra de mídia programática no país. “A abertura de um escritório no Brasil é uma escolha coerente, dado o forte crescimento do mercado programático nesse país, o mais forte de toda a América Latina”.

De acordo com a empresa, seu diferencial está na estratégia de complementariedade entre a experiência humana e o poder de computação das máquinas para extrair todo o valor da compra de mídia programática. “Nós acreditamos que nosso DNA programático de soluções completas, com foco em transparência e performance, terá grande valor para os anunciantes e agências brasileiras se conectarem da melhor forma possível com seu público”, afirmou Essio Floridi.

Cristiano Nobrega, da Tail, é o novo presidente do IAB Brasil

Após eleições para definir diretorias, o IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau) anuncia Cristiano Nobrega, CEO da Tail, como o novo presidente para a próxima gestão, que será iniciada em 1 de janeiro de 2017. Além disso, foram escolhidos Raffael Mastrocola, diretor geral da SapientNitro Brasil, como VP Financeiro; Roberto Grosman, co-CEO da f.biz, como VP de Agências; e Marcos Swarowsky, diretor geral da AOL Brasil, como VP de Veículos.

O atual presidente do IAB Brasil e diretor geral do Yahoo no país, Andre Izay, assume como presidente do conselho consultivo da entidade, que contará com Fabio Rowinski (diretor de inteligência de mercado da Globo.com), Antonio Guerreiro (diretor geral do R7 e diretor de novas mídias da Rede Record), André Vinicius (diretor de publicidade do UOL), Maria Luiza Lopez (diretora de negócios do Facebook Brasil), Luís Padilha (VP de Mídia da AlmapBBDO), Paula Puppi (CEO da Blinks), Alexander Rocco (diretor de marketing e comunicação da Sky), Demetrio Teodorov (head de inovação da Alelo Brasil) e Marcel Leonardi (diretor de políticas públicas do Google Brasil).

Ótimas expectativas para o comércio eletrônico durante Black Friday

A Black Friday, que acontece em 25 de novembro, já pode ser considerada a data mais importante para o comércio eletrônico brasileiro e as novas previsões da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) vêm para confirmar isso. E o mercado de publicidade digital, consequentemente, vai se beneficiar dessa movimentação, já que lojistas e marcas devem investir cada vez mais em anúncios digitais e mídia programática para atingir o público certo.

Segundo a entidade, o ecommerce deve faturar esse ano um total de R$2,14 bilhões, um salto de 18% em relação ao ano anterior. Assim, são esperados cerca de 7,63 milhões de pedidos, com ticket médio de R$280, para o período entre 24 a 27 de novembro. Os produtos mais buscados estão entre as categorias de eletrônicos, celulares, eletrodomésticos e informática. Além disso, a ABComm revela que 25% dos compradores digitais devem antecipar as compras de Natal durante a Black Friday.

“Tradição importada dos Estados Unidos, a Black Friday já se tornou o evento do e-commerce brasileiro depois do Natal. Com a economia dando sinais de recuperação, a expectativa dos lojistas é muito positiva em relação a um aumento nas vendas”, comenta Mauricio Salvador, presidente da ABComm.

Zoomin.TV lança novos serviços

Ao completar cinco anos de operação brasileira , a Zoomin.TV, empresa especializada em vídeos online, apresenta novos serviços que serão oferecidos no país: Zoomin.TV Media Hub, Zoomin.TV Studios e Zoomer Influencers (rede de Youtubers).

O primeiro trata-se de um plano de assinaturas de vídeos online especialmente para emissoras de televisão, abertas ou afiliadas, onde serão disponibilizadas mais de 14 horas de cobertura em vídeo sobre 30 editorias. Já o Zoomin.TV Studios permitirá o fornecimento de 12 formatos de conteúdo de entretenimento e longa duração para canais abertos ou fechados – sendo o primeiro um reality show com os 20 maiores youtubers do Brasil confinados. Por fim, a Rede de Influenciadores Zoomin.TV, que já conta com mais de 500 influencers brasileiros.

“Somos uma empresa múltipla, pois produzimos conteúdo, geramos audiência, inventário e monetização. Os cinco primeiros anos no Brasil nos deram base para fortalecermos nossa operação e estruturarmos o crescimento nos próximos cinco anos de história daqui pra frente”, ressalta Paulo Leal, diretor geral da Zoomin.TV Brasil.

Predicta Melt apresenta adnetwork premium

A nova rede para anúncios online lançada pela Predicta Melt essa semana nasce com um volume atual de 3,5 bilhões de impressões mensais e alcance de 75 milhões de usuários únicos. Esta é a primeira ação da empresa, após a incorporação da Melt pela Predicta, em setembro.

O objetivo é oferecer um ambiente premium e seguro para anunciantes e players de tecnologia por meio de parcerias. “Deste total, mais de 1,1 bilhão de impressões têm mais de 50% de viewability, métrica que tem chamado bastante atenção da nossa equipe de performance, pois nos ajuda a otimizar o inventário dos nossos parceiros”, pontuou Guilherme Mamede, vice-presidente de novos negócios da empresa, ressaltando que com o tempo, a rede ganhará ainda mais corpo e gerará mais dados próprios, beneficiando os anunciantes e também os veículos parceiros.

A adnetwork possibilitará a veiculação de anúncios em veículos parceiros com formatos standard, mobile, vídeo e rich media, além de oferecer segmentações social-demográficas, contextuais, geolocalização, posicionamento do anúncio na página e possibilita ao anunciante negociar, além do Custo por Mil Impressões (CPM), também o Custo por Clique (CPC).