Vagas.com eleva receita em 40% com venda programática de inventário remanescente

Por Gabriela Stripoli

A receita publicitária do Vagas.com ganhou um forte impulso com a adoção de mídia programática para o inventário remanescente. Adotada há pouco menos de um ano, a ideia surgiu a partir da equipe interna da empresa, após reconhecer o alto nível de segmentação da audiência alcançado com as ferramentas de recrutamento oferecidas pelo serviço.

“Embora publicidade não seja a principal fonte de receita do Vagas.com, nosso inventário é muito rico. São mais de 150 milhões de pageviews e 6 milhões de visitantes, e conseguimos tangibilizar tudo nos currículos em critérios, uma segmentação muito rica que explora cada detalhe do candidato para transformar isso em segmentação”, conta Camlia Silveira, representante da equipe de publicidade do Vagas.com.

Para ela, o fato do Vagas.com ser em sua essência uma empresa de tecnologia favorece a cultura para adoção de programático. Para começar, as campanhas fechadas se concentraram no setor de educação — uma vez que essa é uma das principais áreas de atuação da empresa com ofertas de cursos, treinamentos, etc. Entre os anunciantes, estão ESPM, Anhembi Morumbi e FGV, por exemplo, que juntos com todos os anunciantes dentro da adoção de programmatic elevaram a receita publicitária do site em 40%.

Para colocar em prática, o Vagas.com trabalhou adservers e parceiros, entre eles DoubleClick, TailTarget e Pubmatic. São oferecidos formatos display, rich media e também formatos padrões IAB.

Apesar de não revelar números a respeito da proporção de vendas diretas x programática, Camila diz que as equipes foram muito receptivas à tecnologia. Foi criado um time de publicidade dedicado à captação de novos clientes, relacionamento com agência e desenvolvimento de campanhas baseadas em comportamento visando o target ideal.

“No ano que vem, já estamos com algumas campanhas fechadas em outros setores que iremos focar, como moda, turismo e automóveis”, diz Camila. “Acredito que 2015 é o ano em que programático vai ganhar muita tração e aqui no Vagas.com incentivamos muito a inovação”, diz.