Por que PMEs podem (e devem) investir em mídia programática?

A líder de marketing de produto e gerente de marketing da Quantcast, Rebecca Muir, compartilha seu pensamento sobre como mídia programática em tempo real para display pode ajudar as PMEs

Um relatório recente da Advertising Association e da Deloitte revelou que os retornos da publicidade digital para pequenas e médias empresas (PMEs) são oito vezes maiores do que aqueles de grandes companhias. E é difícil entender por que.

Um negócio inexperiente não pode confiar somente no tráfego de buscas orgânicas. As páginas de resultado competem com grandes marcas em todos os setores, e mesmo que você consiga levar a sua para o topo do ranking com um termo genérico de alto volume, os consumidores estão muito mais propensos a clicarem em um link de uma marca que eles reconhecem do que uma desconhecida.

Por isso, um negócio pequeno muito provavelmente não vê um aumento no tráfego das buscas convencionais. Você pode investir em buscas pagas, contudo, o custo por clique para os termos muito procurados são altos. E, de novo, você irá competir com grandes marcas – com grandes orçamentos -, então o volume dos cliques que você irá conseguir vai ser pequeno.

De maneira similar, o inventário premium display tem sido domínio privilegiado de grandes marcas e agências de mídia devido ao fato de que um contrato de longo prazo é muitas vezes necessário.

Isso não tem que ser sempre assim. PMEs devem abraçar mídia programática de display em tempo real porque ela oferece uma chance de alcançar novos clientes por meio de prospeção e retargeting, de uma maneira sem precedentes.

A prospecção envolve o desenvolvimento e o entendimento da existência dos clientes de alto valor de uma marca, e então combiná-los com a “população” geral da web, entregando anúncios direcionados para aumentar a percepção da marca.

O retargeting usa a tecnologia que observa comportamentos específicos para os consumidores no contexto de sua navegação local, na visita inicial do site até a compra.

Anúncios focados são entregues com base na relevância e a intenção de compra, para influenciar consumidores em potencial em todos os seus caminhos até a conversão.

O retargeting também é eficiente em custo, à medida que direciona o gasto publicitário aos clientes que já mostraram algum nível de interesse em sua marca, produto ou serviço.

Veículos, agências de mídia e tecnologias de anúncio tendem a focar na segurança dos orçamentos das grandes marcas, e as PMEs muitas vezes são deixadas de lado – o que não parece ser muito justo.