Brasil se compromete com Coalition For Better Ads; chatbot do AA é premiado pelo Facebook

No giro de notícias da semana, os destaques do setor de publicidade digital: mercado brasileiro forma grupo de trabalho liderado por IAB Brasil para analisar adoção de regras da Coalition For Better Ads no país; campanha “Amigo Anônimo”, do Alcoólicos Anônimos (AA), vence premiação do Facebook na categoria Agir; Teads anuncia head do Teads Studio para América Latina; RTB House otimiza previsão de conversões finais com redes neurais artificiais. 

Brasil adotará regras da coalizão por publicidade melhor

Uma reunião do Comitê de Veículos do IAB Brasil, realizada na quarta-feira (14), marcou o comprometimento do país com as ações da Coalition For Better Ads (CBA), organização internacional formada por diversos players do ecossistema de ad tech em defesa de uma melhor experiência da publicidade para os usuários. A informação foi noticiada pelo site especializado Proxxima, que destacou a formação de um grupo de trabalho para avaliar quais medidas da CBA serão adotadas ou não pelo mercado brasileiro.

Com base no estudo realizado pela CBA com usuários dos EUA e Europa, foram identificados 4 formatos desktop e 8 mobile considerados como intrusivos. Agora, resta ao grupo analisar os impactos desses formatos para os usuários brasileiros e decidir os próximos passos. A partir de janeiro 2018, nos mercados europeu e americano já começam a valer medidas para combater ações publicitárias baseadas nesses formatos.  

A agenda de discussões sobre a adoção das regras da CDA será gerida pelo IAB Brasil, juntamente com anunciantes, ad techs, veículos e agências. Fazem parte da Coalition For Better Ads, grandes anunciantes como P&G e Unilever, veículos como Washington Post, IABs e associações americanas de agências de propaganda.

Chatbot brasileiro é premiado pelo Facebook

Com o crescimento exponencial do uso de aplicativos de troca de mensagens, os chatbots entraram de vez para a estratégia de marketing de diversas marcas. Não seria diferente para o trabalho dos Alcoólicos Anônimos (AA) nas redes sociais.

Criada pela J. Walther Thompson em parceria com a plataforma de chatbots da Movile, o ChatClub, e o Creative Shop do Facebook, a campanha “Amigo Anônimo” lançada em março em, comemoração aos 70 anos da comunidade voluntária no Brasil, foi vencedora da sexta edição do Facebook Awards na categoria Agir.

O serviço automatizado utilizado no Messenger, disponível em mobile e desktop, permitiu aos usuários receber orientações e recomendações iniciais para enfrentar a doença. Em 48 horas após o lançamento, o bot obteve mais de 70 mil acessos, enquanto a página do AA no Facebook recebeu 20 mil curtidas. Os resultados também impactaram no serviço de apoio via email, cujos contatos aumentaram em 1300% em um dia.

A edição da premiação global reconheceu as campanhas relacionada às reações dos usuários no Facebook, como Rir, Chorar, Surpreender, Amar e Agir. Ricardo John, COO da J. Walter Thompson, comentou que a agência vem ampliando o uso de um conceito digital para seus clientes que chamado de ‘Intimacy Technology’ (intimidade tecnológica), cujo objetivo é gerar uma profunda e emocional mudança de comportamento.

Bertrand Cocallemen, Head do Teads Studio para América Latina

Teads anuncia head do Teads Studio para América Latina

A Teads aponta Bertrand Cocallemen como Head do Teads Studio para América Latina. Um dos desafios da Teads no Brasil é tornar os vídeos interativos mais democráticos, através das soluções de criativo dinâmico do Teads Studio.

Assim, o executivo com mais de 18 anos em digital e passagens por J. Walter Thompson e F.biz, tem como missão ampliar o relacionamento da plataforma de personalização de vídeo com clientes e agências de publicidade da região. “Coca” responderá para Eric Tourtel, VP sênior da Teads para a região, e Grant Gudgel, head of sales para o Teads Studio.

Com redes neurais artificiais, RTB House otimiza previsão de conversões finais

A RTB House, especializada em retargeting, anuncia nova abordagem para arquitetura de redes neurais artificiais voltada para a indústria publicitária que permite identificar mais precisamente consumidores com o maior potencial de compra. A ad tech, que vem investindo em inteligência artificial, desenvolve um modelo que otimiza a forma que máquinas preveem os valores finais de conversões, possibilitando melhorar a eficácia de campanhas publicitárias.

“Nosso método amplia a fase de treinamento do modelo de valor de conversão a partir de metas adicionais, cuidadosamente construídas. Isso torna as previsões finais mais robustas e precisas”, explica Konrad Żołna, cientista da RTB House e idealizador do projeto.

Redes neurais artificiais são um modelo de programação que permite que um computador aprenda com dados observacionais, como o cérebro humano. Na prática, os algoritmos de autoaprendizagem da RTB House são capazes de identificar de forma precisa os compradores com o maior valor potencial de compra. A solução então exibe uma mensagem personalizada a fim de encorajá-los a finalizar a transação.