LinkedIn lança Influencers no Brasil; Dutra Máquinas eleva receita em mais de 500% com dados; Terra reduz equipe e foca em programático

No giro de notícias desa semana, novidades do LinkedIn, que disponibiliza pela primeira vez o programa de influenciadores em idioma que não seja o inglês; Rocket Fuel contrata Luciana de Lira, ex-boo-box para a área de vendas; corte massivo de funcionários e fechamento de sucursais do Terra Networks, que foca agora em programático; e, por fim, um estudo de caso da Dutra Máquinas que, com aumento de investimento em digital, viu a receita decolar.

LinkedIn: programa de influenciadores chega ao país

O LinkedIn anunciou nesta semana a chegada do programa Influencers ao Brasil. O projeto traz artigos em português assinados por executivos brasileiros e personalidades. É a primeira vez que esses conteúdos serão publicados em outro idioma senão o inglês.

Parte do canal Pulse, o Influencers foi lançado em 2012 nos Estados Unidos e reúne aproximadamente 500 formadores de opinião como colunistas fixos, entre eles Richard Branson, Bill Gates, Deepak Chopra e Ariana Huffington. No Brasil, nomes como os empreendedores Bel Pesce, Marco Gomes, e executivos como Nizan Guanaes fazem parte do programa.

A expansão faz parte da internacionalização do conteúdo na rede. Com 22 milhões de usuários, é o terceiro mercado da rede, atrás apenas de Estados Unidos e Índia. Todos os usuários brasileiros passam a cessar também a plataforma de publicação, antes apenas restrita aos perfis em inglês, e o canal de notícia.

Dutra Máquinas: dados e boom na receita

A Dutra Máquinas, fornecedora de máquinas pesadas para diversos setores industriais, trabalhou com marketing de performance pela primeira vez e viu a receita saltar 500%.

Mesmo em momento delicado no cenário econômico do país, a empresa entendeu que havia oportunidades não exploradas no marketing digital e decidiu elevar o budget em publicidade digital em 44% em relançar ao último período de investimento. O trabalho, feito com a Raccoon, também gerou 521% de alta no número de pedidos.

Foram utilizados planilhas de controle de aprendizado e testes A/B, e a elevação no investimento foi gradual conforme progresso na performance. “No início ficamos um pouco reticentes com relação a uma atuação mais efetiva no ambiente digital”, confessa André Moya, Diretor Comercial da Dutra Máquinas. Após o trabalho, com os resultados, o executivo ganhou confiança e os resultados provaram o valor da publicidade de dados. “Significa que também estamos nos relacionando mais e melhor com nosso consumidor. Passamos a falar a mesma língua, com mensagens certas, no momento exato”, comenta.

Inicialmente investindo apenas em campanhas digitais do Google, hoje a empresa trabalha mídias de retargeting, comparadores de preços e marketplace, com oportunidade de investimento em novas mídias.

Portal Terra fecha sucursais e foca em programático

Em entrevista ao Meio e Mensagem, Paulo Castro, CEO do Terra, revelou as mudanças pelas quais o veículo está passando. Foram cortes massivos, restando apenas 20% da redação e fim de sucursais. O foco, segundo ele, agora é programático e curadoria de conteúdo — ainda que publicidade e tecnologia também passaram por demissões.

O comunicado oficial sobre a reestruturação justifica que “com o lançamento do Novo Terra, em abril de 2014, a companhia já se preparou e focou para uma comercialização publicitária mais segmentada, automatizada, através de ferramentas programáticas, utilizando cada vez mais a tecnologia para entregar o conteúdo e a publicidade mais relevante para cada usuário”. O texto está disponível na íntegra no Meio e Mensagem.

Luciana de Lira se une à Rocket Fuel Brasil

Após quase três anos como key account na Boo-Box, Luciana de Lira deixa a empresa de Marco Gomes para assumir a posição de executiva de vendas da Rocket Fuel.

De acordo com o LinkedIn da executiva, ela começou na posição em agosto. Entre sua experiência, ela acumula passagens no setor de telecom emempresas como Oi e Brasil Telecom.