Entrevista com Edvaldo Acir, Head of Business Development da Exponential

Nossa entrevista deste mês é com Edvaldo Acir, Head of Business Development da Exponential e co-presidente do COmitê de Ad networks & exchanges do IAB Brasil. Acir possui mais de 12 anos de experiência no mercado ocupando cargos de liderança em empresas como FOX; Grupo Abril/ UOL; Terra Networks, Movile/Naspers Group e Exponential Interactive. É Mestre em Multimeios pela UNICAMP e Especialista em Publicidade e Mercado pela USP  e Professor do Curso de Pós Graduação Masters na Business School São Paulo/Laureate International University.

1. Como você entrou no mercado de redes de publicidade?

Meu primeiro desafio com Redes de Publicidade foi na FOX Networks, que é uma área da FOX International Channels da News Corportation. Fui convidado em 2008 pelo Bernardo Hohagen, que era o Diretor de Online da FOX, para ser o Gerente de Desenvolvimento de Negócios no Brasil desta Unidade de Negócios. A FOX Networks é uma rede de display com campanhas de Branding e Performance. Tinhamos representação do Facebook, Linkedin entre outras grandes marcas. Também fizemos ações nas redes sociais com produtos cross mídia, como o Social Game Bola Social Soccer. Depois de uns dois anos e pouco fui convidado para exercer a mesma função no EzTarget que é a rede do portal Terra do Grupo Telefônica e minha atuação desta vez era para Brasil, América Latina e USA para Hispanicos. A EzTarget era uma rede basicamente de display nestas regiões mas comecei uma área de mobile e de vídeo também. Depois de um ano e meio no EzTarget eu fui convidado pelo Alexandre Jordão, que na época era o General Manager LATAM da Exponential, para tocar a empresa no Brasil. Na Exponential temos várias unidades de negócios, entre elas a Tribal Fusion, que é a segunda maior AdNetwork do Mundo, de acordo com o comScore e tem campanhas de mobile, video, display e rich media.

2. Como está a operação local da Exponential e quais os principais desafios?

A operação no Brasil está indo bem dentro do nosso planejamento de negócios. Estamos com boas campanhas e clientes e pretendemos investir mais no Brasil em 2013. Os desafios são enormes porque o mercado brasileiro está vendo o crescimento e surgimento de muitas Redes de Publicidade, DSPs, RTB entre outras. Isto sem dúvida é um desafio pois a concorrência aumenta a cada dia. Além dos portais e ferramentas de busca, que ainda representam uma grande parte do investimento de publicidade. Claro que este movimento está mudando aos poucos pois os clientes e agências estão percebendo cada vez mais as vantagens em anunciar em Ad Networks e Ad Xchanges.

3. Muita gente acredita que as agency trading desks e plataformas DSPs estão limitando cada vez mais a atuação das ad networks. Qual sua opinião, há espaço pra todo mundo? 

Acredito que temos espaço para todos estes diferentes players do mercado online e vamos ver aqui no Brasil um movimento muito parecido com o que já ocorre em várias partes do mundo. As Ad Networks vão ter que ser mostrar cada vez mais segurança na entrega das campanhas com ferrramentas que garantam que são brand safe, muita tecnologia como retargeting, behavior targeting e com possiblidade de rodar vídeo, mobile e reach media, por exemplo. Ou seja, para sobreviverem vão ter que investir pesado em desenvolvimento, qualidade e segurança na entrega. Isso é bom porque garante um melhor desempenho para o anunciante e tira do mercado as Ad Networks que não estiverem bem preparadas para continuarem no jogo.

4. O mercado de ad networks está cada vez mais competitivo, o que a Exponential traz de diferente em relação aos concorrentes?

A Tribal Fusion, que é a AdNetwork da Exponential, tem mais de 10 anos de experiência no desenvolvimento de soluções e representação de meios, com o respaldo da nossa tecnologia Pageguard (sistema de segurança que garante que as campanhas serão entregues somente em sites da nossa rede e com conteúdo seguro); o Tribal Fusion Insights (ferramenta que usa os dados obtidos para ajudar os anunciantes a tomar decisões mais inteligentes) e a capacidade de entrega de Rich Media e Vídeo em toda Rede nos fizeram, de acordo com  dados da Comscore, a 2ª maior empresa em seu ramo de atuação no mundo. Nossa presença é global com escritórios em 20 países.

5. Você também lidera o comitê de Ad networks e exchanges do IAB Brasil. Pode nos contar um pouco sobre a atuação desse grupo?

Foi uma honra ser eleito para ser Presidente do Comitê de AdNetworks do IAB Brasil para a gestão de 2012. Fizemos neste comitê uma experiência bacana que foi dividir a Presidencia num triunvirato. Os outros Presidentes são o Thyago Liberari ,da Boobox, e o Antonio Chan, da Digilant. Este formato nos ajudou muito a fazer com que este grupo ganhasse a importância que hoje tem, com as principais empresas do mercado muito atuantes dentro dele. Realizamos ações como um grande evento que rolou em março deste ano sobre AdNetworks e AdXchanges com a casa cheia e a presença de palestrantes estrangeiros; realizamos vários vídeos educativos que estão disponíveis no site do IAB e nas Redes Sociais; criamos um Guideline educativo para o Clientes e Agências e estamos planejando para 09 de outubro mais um grande evento onde vamos lançar o Guideline para Publishers. Além disso já estamos elaborando as diretrizes para um Manual de Boas Práticas e uma certificação de Ad Networks e Ad Xchanges pelo IAB.