Eleições impulsionarão investimentos em mídia digital na Argentina em 2019, aponta Havas

Os investimentos em mídia digital na Argentina devem crescer 28% em 2019, enquanto a inflação no setor de mídia deve aumentar 31% em relação a 2018. O volume é representativo, segundo previsão divulgada pela Havas, já que o investimento em mídia tradicional aumentará apenas 20% no período, ficando bem abaixo da inflação no setor.

A agência destaca que o avanço dos gastos com digital é resultado de uma maior democratização dos suportes tecnológicos no país. Segundo a análise, após uma desaceleração no consumo – que chegou ao menor índice desde 2016 durante o quarto trimestre – é projetada uma recuperação lenta em 2019 e uma elevação no otimismo do mercado ao fim do ano devido às eleições.

De acordo com a Havas, os anunciantes argentinos seguirão conservadores em 2018, sem projeções de grandes investimentos. A prioridade será a otimização dos orçamentos, com foco em campanhas táticas.

No digital, o desafio para os anunciantes será conseguirem se destacar e engajar o público em um ecossistema que não apenas concentra a maior parte dos esforços de publicidade, mas que também será um campo de batalha na campanha eleitoral, especialmente nas redes sociais, como aconteceu nos Estados Unidos e Brasil, destacou Gabriela Kurincic, diretora de insights e analytics da Havas Argentina.

Assim, as eleições presidenciais responderão por investimentos de mídia de aproximadamente 4 bilhões de pesos argentinos, de modo que é prevista uma alteração no mix de mídia, com as redes sociais desempenhando maior participação na corrida.

Diante de um cenário de poucos investimentos publicitários ao longo do ano, a Havas prevê novas alternativas para os veículos argentinos, como alianças com anunciantes. Já os provedores de entretenimento, continuarão buscando alianças para promover a experiência do usuário, incluindo participações em conteúdos ofertados por Netflix e Youtube Ad Pods.

 

Tags