O novo posicionamento da Predicta; Clear Channel amplia integração entre mobile e OOH

Confira no giro de notícias da semana: empresa brasileira de mídia digital Predicta (foto acima) se posiciona como hub de soluções; campanha do Santander inaugura nova ferramenta da Clear Channel que usa push notification para integrar OOH e mobile; Logan apresenta formato de publicidade em tela cheia para mobile; comScore analisa Copa do Mundo e redes sociais na América Latina.

Predicta agora é hub de soluções

Na quinta-feira, a empresa brasileira de publicidade online Predicta anunciou ao mercado seu novo posicionamento como hub de soluções de mídia digital. Com 20 anos de trajetória, a Predicta nasceu com o propósito de desenvolver soluções tecnológicas para o mercado publicitário e foi pioneira na criação do primeiro adserver brasileiro para anunciantes e do primeiro web analytics para publishers do país.

“Somos integradores experientes neste mercado, ao mesmo tempo em que somos jovens e atentos às mudanças, este é um dos pontos pelos quais também renovamos nosso logotipo, que sugere uma flecha”, detalhou Guilherme Mamede, CEO da Predicta. O objetivo, segundo ele, é firmar reforçar a assertividade nos resultados, foco e rapidez nas ações.

Guilherme Mamede, CEO da Predicta

Parceira homologada do Google e com equipe certificada em ferramentas do Google Marketing Platform, a adtech possuis grandes anunciantes e agências entre os clientes. Dessa forma, a empresa faz questão de reafirmar a relação baseada na transparência e isenção. “Procuramos sempre harmonizar a relação entre agências, anunciantes e veículos de mídia”.

O executivo também pontuou que a atualização da marca acontece em sintonia com a expansão do mercado: em 2016, foram injetados US$ 72,5 bilhões em anúncios digitais nos EUA, superando a mídia televisiva local; em 2017, no Brasil, o valor alcançou R$ 14,8 bilhões, segundo dados do IAB. Até 2020, de acordo com a IPG Mediabrands, 50% do investimento em publicidade em todo o mundo será direcionado para o digital.

A Predicta atua com planejamento, execução, mensuração e análise das ações de mídia digital dos clientes. Entre os serviços prestados, destacam-se a compra de mídia (programática, search, shopping, social media, entre outros); operação de campanhas, em plataformas de parceiros líderes de mercado; gestão de audiência e gestão da performance das iniciativas digitais.

Clear Channel amplia integração entre mobile e OOH

As pessoas que transitam próximas aos mais de 100 relógios digitais administrados pela Clear Channel no Rio de Janeiro poderão receber mensagens publicitárias do banco Santander em seus celulares via push notification sobre uma campanha de cheque especial. Isso acontece graças ao novo serviço Mobile Extended Media, que busca integrar a comunicação entre o out of home e mobile para a mesma audiência.

O usuário recebe a comunicação via push notification caso tenha instalado em seu smartphone um dos aplicativos que pertencem à rede da plataforma MDM, da empresa parceira Hands, empresa de inteligência de dados voltada para experiências no mercado mobile.

Fonte: divulgação

“Promover parcerias que oferecem conexão digital e desenvolver produtos inovadores estão entre as principais metas de atuação da Clear Channel para este ano. A parceria com a Hands veio para agregar e deixar nosso portfólio ainda mais completo e com diversas possibilidades de integração”, avaliou Lizandra de Freitas, CEO da Clear Channel.

Para João Carvalho, CEO da Hands, a principal missão da empresa é mostrar ao mercado que a participação da mídia mobile está totalmente conectada ao mundo offline. “A junção das duas mídias traz maior impacto para as marcas e qualidade de experimentos para os usuários”.

Logan apresenta formato de publicidade em tela cheia para mobile

A Logan, empresa especializada em marketing móvel na América Latina, acaba de lançar “Coming Soon”, um formato exclusivo de publicidade em tela cheia no celular voltado para o lançamento de séries ou filmes. O foco está na indústria de entretenimento, uma vez que proporciona uma experiência imersiva que combina diferentes recursos de rich media e vídeo, permitindo que as marcas de entretenimento obtenham mais impacto e interação em suas campanhas móveis.

Assim, usuários fãs de séries e filmes podem acessar recursos como trailer interativo, contagem regressiva para a data de estreia, galeria de imagens, descrições de personagens, vídeo 360º, GPS para identificar cinemas próximos, dentre outros recursos.

Fonte: divulgação

Para Juan Carlos Göldy, CEO da Logan, o grande desafio para as marcas é gerar anúncios que se destacam do ponto de vista de conteúdo e impacto, levando em conta que os processos de tomada de decisões sobre o que consumir são influenciados pelo conteúdo móvel.

“No ano passado os formatos publicitários mais vendidos pela Logan Brasil foram justamente os Rich Media. O engajamento e o recall da marca criado por formatos inovadores foi fundamental para os KPIs de nossos clientes, além da vantagem de poder contar com um prazo rápido de produção, sem gerar custos para o anunciante”, afirma Francesco Simeone, diretor da empresa para o Brasil.

Copa do Mundo e redes sociais na América Latina

Esta semana, a comScore divulgou uma análise que mostra eventos de repercussão mundial comprovam que a mídia social é uma ferramenta para gerar envolvimento com targets específicos. Baseado nos dados da ferramenta de listening de redes sociais, Social Studio, e Shareablee, solução que oferece insights sobre o engajamento das redes sociais, o levantamento revelou que o Brasil foi o país que mais publicou comentários e notícias sobre a Copa do Mundo entre os países latino-americanos que disputaram o campeonato mundial.

De modo geral, o número de imagens, vídeos, textos e comentários sobre o mundial da Rússia, compartilhados via Twitter, Facebook, Instagram, blogs e fórums pelos países da América Latina que disputaram a copa superou os 19 milhões.

Dentre os destaques: Facebook foi a plataforma preferida, utilizada para 52% dos posts sobre a Copa; Twitter e Inatagram registraram 37% e 11% dos comentários, respectivamente; Coca-Cola, Adidas e Visa foram os patrocinadores oficiais mais citados nos comentários, com presença de 33,3 , 21,8 e 13,2 por cento das publicações respectivamente

Tags