AppNexus é adquirida pela AT&T; smartclip lança tecnologia 100% de viewability

No giro de notícias da semana, um resumo dos destaques da indústria programática: gigante de telecom AT&T compra AppNexus por aproximadamente US$ 2,2 bilhões; a nova tecnologia da smartclip garante 100% de viewability; HubStpot quer expandir seus negócios no Brasil; MediaMath entra para DigiTrust.

AppNexus é adquirida pela AT&T

A gigante americana de telecomunicações AT&T confirmou a aquisição da empresa de publicidade programática AppNexus por um valor ainda não revelado. No entanto, especialistas da indústria estimam uma bagatela de US$ 2,2 bilhões. A AppNexus deve ser incluída na divisão de publicidade e análise da AT& T, liderada pelo CEO Brian Lesser.

A aquisição da AppNexus será fundamental para acelerar o crescimento da plataforma de publicidade da AT&T, bem como impulsionar suas atividades de publicidade em advanced TV. “A tecnologia de anúncios une análise e tecnologia em tempo real com nosso conteúdo premium de TV e vídeo”, afirmou Lesser em um comunicado.

Segundo ele, a AppNexus tem escala de infraestrutura, tecnologia avançada e talentos diversos.” A combinação de publicidade e análise da AT &T e AppNexus ajudará a fornecer uma plataforma de publicidade de classe mundial que fornece às marcas e publishers uma maneira nova e inovadora de alcançar os consumidores no mercado atualmente”.

A plataforma AppNexus será integrada à oferta de publicidade e análise da AT & T. A aquisição deve ser concluída no terceiro trimestre de 2018, sujeita às condições habituais de fechamento. Até que a transação seja fechada, cada empresa continuará a operar de forma independente.

smartclip lança tecnologia de 100% de viewability

A smartclip, especializada na distribuição de publicidade em vídeo multitelas, acaba de lançar uma tecnologia que garante 100% de viewability, importante métrica para campanhas publicitárias em vídeo online. Essa tecnologia, também disponível para formatos de vídeo em “rich media”, desenvolvidos pelo SmartLab, permite que os anúncios contenham múltiplos recursos; como animações, mapas, e-commerce, entre outros combinados com vídeo.

Com a tecnologia, os investimentos dos anunciantes passam a ser 100% assertivos, pois são registrados somente quando o vídeo for visualizado e visto completamente até 30 segundos, modelo definido como CPVW (cost per view viewable). De acordo com o padrão do IAB Brasil, as impressões visíveis se baseiam no princípio de que 50% do formato do vídeo seja visualizável durante, no mínimo, dois segundos contínuos.

O objetivo é garantir que as marcas tenham uma experiência diferenciada na distribuição dos seus conteúdos em vídeo online, através de formatos publicitários inovadores e de alto impacto. A Ford, fabricante de automóveis multinacional, foi a primeira marca a adotar esse modelo em campanha autorizada pela agência J. Walter Thompson, que promove Caminhões Cargo Power, utilizando vídeo nos formatos instream (pre roll) e outstream (intext).

HubSpot testa novo modelo de precificação no Brasil

Focada no crescimento de seus negócios no Brasil, a HubSpot decidiu testar um novo modelo de precificação no país. A empresa, plataforma líder de CRM, marketing, vendas e atendimento ao cliente, quer expandir sua atuação local e, para isso, decidiu tornar suas soluções mais acessíveis. Inicialmente, o desconto de 50% é válido para o Sales Hub, nos pacotes Starter e Professional.

O Sales Hub automatiza uma série de atividades operacionais de vendas. O tempo investido em esforços manuais poderia ser voltado para identificação de novos clientes ou fechamento de novos negócios – atividades realmente estratégicas e com retorno real para as companhias.

“Nosso objetivo principal na América Latina, em especial, no Brasil, é expandir o número de companhias que utilizam nossas ferramentas de vendas. Cerca de 48% das companhias que não contam com um CRM, atualmente, citam o custo como principal impeditivo”, explicou Rodrigo Souto, gerente de Marketing Brasil da HubSpot.

“Oferecer esse desconto pode ser um atrativo interessante para que elas possam experimentar o valor de uma boa plataforma de CRM e todos as vantagens que ela pode trazer para os negócios. Se tivermos boa taxa de adesão, a ideia é manter esse novo modelo de valor e, quem sabe expandi-lo para outras soluções do nosso portfólio – inclusive para os produtos de automação de marketing”.

MediaMath entra para DigiTrust

A MediaMath entrou para o consórcio sem fins lucrativos DigiTrust. O grupo pretende melhorar a experiência digital do usuário no ecossistema através de uma plataforma de identificação única, neutra, first-party, e baseada em cookies.

“A indústria está em falta de uma tecnologia que solucione a realidade da fragmentação e inconsistência global”, disse John Slocum, Vice Presidente de DMP da MediaMath. “Precisamos reconhecer que o marketing guiado por dados cria um tremendo valor para ambos o consumidor e a marca quando feito corretamente, mas pode introduzir riscos quando feito equivocadamente.”

O consórcio acredita que uma abordagem padronizada vai melhorar tanto a experiência do usuário quanto os resultados do anunciante habilitando uma comunicação sem perdas entre o sell e buy side, diminuindo a dependência das sincronizações de IDs e aumentando a escala e precisão do targeting personalizado via cookies ou cross-device.

O ID de cookie DigiTrust será padrão em toda a plataforma da MediaMath que começará a transacionar nesses IDs em Q218. A companhia vai continuar a integração em toda a plataforma à medida que o consórcio evolui. Veículos interessados em melhor monetização na plataforma da MediaMath são encorajados a se unirem ao consórcio.

 

 

Tags